Banner Contato

Notícias

Voltar

28/04/2016

CIEE comemora Dia do Jovem Trabalhador com programação especial

Apesar do momento difícil de crise econômica e política, o Aprendiz Legal continua ampliando seus horizontes e segue como uma alternativa importante para que o jovem adquira experiência no mercado de trabalho e renda, podendo assim se desviar dos índices preocupantes de desemprego. 

Neste cenário, o CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), que em parceria com a Fundação Roberto Marinho capacita pelo programa Aprendiz Legal quase 80 mil estudantes por todo o país, comemorou o Dia do Jovem Trabalhador (24/04) programando uma série de atividades nos polos de capacitação. Os aprendizes são protagonistas em peças de teatro, apresentações musicais, palestras e outras atividades. Em São José do Rio Preto, por exemplo, foram organizadas palestras para que os jovens discutam temas atuais, como a proliferação do mosquito Aedes aegypt, que transmite dengue, zika e chikungunya.

Além de dar oportunidade para o crescimento profissional às novas gerações, o programa oferece às empresas a oportunidade de cumprir as determinações da Lei da Aprendizagem (n.10.097/2000) que obriga a contratação de cota de aprendizes para as grandes e médias empresas, de acordo com o número de colaboradores. Empresas que investem na formação de seus próprios talentos também contribuem socialmente para a inserção do jovem no mercado de trabalho e colhem resultados positivos, já que a energia e ideias novas são fundamentais para oxigenar o ambiente e torná-las cada vez mais competitivas.

As empresas que investem nos aprendizes colaboram para impedir o crescimento do desemprego entre os estudantes no cenpário atual de crise, já que a  tendência é que esse percentual de desemprego se eleve, levando-se em conta o agravamento da recessão econômica combinado com o emaranhado político do impeachment.

Fonte: Segs

 

Voltar