Banner Contato

Notícias

Voltar

10/03/2020

Dicas: como criar uma rotina de estudos que funcione!

Você já pensou em criar uma rotina de estudos para te ajudar no seu desempenho escolar? Além de facilitar a memorização das diversas matérias que você vai ter contato, criar um método para estudar te trará benefícios como mais disciplina, organização, foco, concentração e até mesmo mais motivação, à medida que você percebe que está colhendo bons resultados em razão do seu esforço. Sendo assim, siga o passo a posso das nossas dicas que você só tem a ganhar:

 

1. Avalie o seu dia a dia
O primeiro passo para criar um plano de estudos que seja eficiente é avaliar a sua rotina. Considere os seguintes pontos:
•    Você ainda é estudante, tem se dedicado aos estudos por conta própria ou frequenta um cursinho?
•    Você já trabalha?
•    Quais outras atividades ocupam o seu tempo? Cursos, esportes, cuidados com a casa?

Ter em mente todas as atividades que você desempenha ao longo da semana vai ser útil na hora de estruturar o seu horário de estudos. Crie um calendário semanal e inclua nele as suas obrigações. Assim, você vai poder organizar melhor o seu cronograma de estudos — como vamos explicar melhor mais à frente.

 

2. Estabeleça um local para estudar
O espaço onde você estuda, devem ser considerados os seguintes aspectos:
•    ser o mais silencioso possível;
•    ter uma mesa que proporcione conforto;
•    não oferecer distrações;
•    ter conexão com a internet (mas nada de redes sociais, ok?);
•    ter todos os materiais necessários;
•    ser bem iluminado e arejado.

Mas se a sua casa tem muita gente ou movimento, que tal estudar nas bibliotecas da sua escola ou de faculdades próximas? Pode ser até na casa de um amigo, tomando o cuidado necessário para que os dois não se distraiam.

 

3. Monte um cronograma para as disciplinas que deverão ser estudadas
Sabe o calendário semanal que você criou com todas as suas atividades? Acrescente também as matérias que pretende estudar por dia. Tente intercalar disciplinas em que você tem mais facilidade com aquelas que te exigem mais esforço.

 

4. Estude sempre no mesmo horário
Na hora de montar a sua rotina de estudos, o ideal seria manter horários fixos para cada uma das atividades do seu cronograma, de modo que o seu cérebro se acostume a realizá-las.
5. Tenha ao alcance todos os materiais que você vai precisar
Organize cada objeto que você utiliza para estudar. E na hora de buscar algo diferente — um livro, um caderno, uma caneta ou até mesmo um copo de água, deixe tudo por perto. Isso evita que você precise se levantar toda hora e perca tempo.

 

6. Evite distrações
Esqueça o Facebook, o Instagram, o Whatsapp, a televisão e tudo que tire a sua concentração. Lembre-se que o seu objetivo é estudar. Do contrário, você não terá os resultados que deseja.

 

7. Cuide do corpo
Pratique exercícios físicos e se alimente de forma correta. Apesar de não parecer, tudo está integrado e um bom desempenho intelectual também depende do aspecto físico.

 

8. Faça pausas
Pausas e momentos de lazer também devem estar presentes em seu cronograma de preparação. Descansar a mente de tempos em tempos é imprescindível para ganhar fôlego e voltar com tudo aos estudos. O importante é saber dosar quais atividades serão feitas e se elas serão benéficas para esse período de assimilação de conteúdo.
Uma dica é aproveitar as pausas para realizar atividades físicas, que, além de ajudarem a relaxar a mente, também liberam hormônios que potencializam a sensação de bem-estar e deixam a sua mente mais calma.

 

9. Separe um tempo para revisões
As informações coletadas em um dia de estudo são extremamente frágeis e precisam ser constantemente reforçadas. A chamada curva do esquecimento é severa ao apontar mais de 50% de perda somente nas primeiras 24 horas.
Logo, tão importante quanto se programar para estudar o conteúdo é realizar revisões periódicas. As soluções, nesse sentido, são as mais diversas como reler resumos, elaborar mapas mentais, criar flashcards ou utilizar um aplicativo para responder questões de prova.

 

10. Defina objetivos e metas claras
A base para manter uma rotina de estudos é a realização com significado. Ao sabermos por que fazemos algo e existindo um motivo relevante, temos mais chances de nos engajarmos na tarefa. O segredo, portanto, é ter objetivos e metas.
Uma ferramenta interessante para gerar essa clareza é criar uma espécie de mapa, definindo o ponto de chegada e os marcos a serem alcançados ao longo do trajeto. Utilize os seguintes passos para se inspirar.


11. Defina metas e estratégias diárias
Crie metas diárias que possam movê-lo em direção aos marcos estabelecidos, bem como estratégias para cumprir as exigências. Por exemplo, o que precisa ser feito hoje para concluir um exercício sem atrasos?


Esperamos que depois dessa ajudinha você consiga cumprir suas metas e tenha muito sucesso na sua rotina de estudo!
 

Voltar