Banner Contato

Notícias

Voltar

17/05/2016

Jaú têm 230 jovens no Programa Aprendiz Legal

A possibilidade de conciliar trabalho e estudo foi o que motivou o estudante e auxiliar de almoxarifado Samuel Almeida da Silva, 17 anos, a participar do Aprendiz Legal.  Samuel trabalha à tarde e estuda sistemas para internet na Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Jaú no período matutino. Em quase dois anos, ele desenvolveu várias capacidades e ganhou experiência no mercado de trabalho. 

“Pude melhorar minha habilidade de comunicação e estou aprendendo uma profissão. Se no futuro eu não seguir na mesma área, ainda assim estarei aplicando os conhecimentos que obtive”, afirma. O estudante recomenda o projeto para todos os jovens que desejam trabalhar e considera a remuneração obtida por meio do programa é relevante e razoável para um jovem de sua idade e também pela jornada de trabalho que é de apenas quatro horas diárias.

Em 2016, Jaú conta com 230 jovens participando da ação, segundo o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). Em 2015, eram 160 aprendizes; em 2014, 150. Em Jaú, os adolescentes e jovens são capacitados nas áreas administrativa, práticas bancárias e comércio e varejo e o único requisito específico para participar é ter entre 14 e 24 anos e estar cursando ou ter terminado o ensino médio. A idade máxima não se aplica a deficientes. 


Fonte: Comércio do Jahu

Voltar