Banner Contato

Notícias

Voltar

05/02/2016

Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome diz que Aprendizado ajuda a reduzir trabalho infantil

Ministra Tereza Campello

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, defendeu que a inclusão de adolescentes no mercado de trabalho por meio da aprendizagem profissional é um caminho importante para a redução do trabalho infantil. 

Campello falou sobre o desafio de se combater o trabalho infantil e apontou  a ampliação das ações de aprendizagem como uma estratégia na luta. “Queremos também a ampliação dos cursos de qualificação profissional. Com o aumento de vagas nas escolas técnicas nos últimos anos, muitos jovens passaram a ter mais interesse na profissionalização", afirmou.

A ministra também disse que a exploração de crianças e adolescentes deixou de ser um fenômeno específico da pobreza e se concentra agora na cultura de valorização do trabalho e de acesso a bens. 
A mais recente Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicou que a ocupação infantil está concentrada entre os maiores de 14 anos e nas famílias com renda acima de um salário mínimo mensal por pessoa. A maioria está na escola. 

Para continuar a reduzir a quantidade de crianças e adolescentes que se encontram nessas condições, a ministra explicou que o governo federal conta com o apoio da sociedade civil. Audiências públicas estão sendo realizadas em todo o País, principalmente nas regiões com maior índice de trabalho infantil. 

Fonte: Portal Brasil

Voltar