Banner Contato

Notícias

Voltar

26/01/2016

Professor da UFMT concorre à Nobel da Educação

O professor Márcio Andrade Batista, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Barra do Garças, é o primeiro brasileiro a concorrer ao prêmio internacional Global Teacher Prize. Batista também trabalha com alunos do Ensino Médio no interior do estado. Ele disputa com acadêmicos de 29 países diferentes no prêmio que é considerado o Nobel da Educação.

O pesquisador desenvolveu duas pesquisas diferentes a partir de uma castanha chamada de 'baru', que é facilmente encontrada no estado. Uma delas resultou em uma farinha que tem como aplicação enriquecer a alimentação de atletas de alto desempenho. Entre os projetos do acadêmico estão aulas práticas onde ele ensina alunos do ensino médio a fabricar pão enriquecido com castanha do Pará. O alimento previne contra doenças do coração e ainda ajuda os jovens a se interessar pelo mundo da ciência.

Se ganhar o prêmio de 1 milhão de dólares, o professor vai usar o dinheiro para construir uma escola de soldadores em Barra do Garças, município a 516 km de Cuiabá. O nome do vencedor da competição será divulgado em março, durante um evento em Dubai, nos Emirados Árabes.

Fonte: MT Agora 

Voltar