Banner Contato

Notícias

Voltar

03/07/2015

Unidade do Aprendiz Legal é inaugurada em Belo Horizonte

Uma unidade exclusiva para a formação de jovens do programa “Aprendiz Legal” foi inaugurada na noite desta quinta-feira (3) em Belo Horizonte. No estado de Minas Gerais, o programa é implementado através de uma parceria do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) com a Fundação Roberto Marinho.
A unidade, no bairro Santa Efigênia, é a primeira de Minas. E foi inaugurada com a presença de vários jovens que participam do programa. Mãe e filha comemoraram a oportunidade. “Ela sempre procurou e achou o lugar certo. Isso me deixou feliz e satisfeita”, disse a dona de casa Ronilde dos Santos sobre a filha.
Desde 2007, o Centro de Integração Empresa-Escola e a Fundação Roberto Marinho preparam jovens de 14 a 24 anos para o mercado de trabalho e ajudam empresas a cumprir a cota de contratação de aprendizes exigida pela Lei de Aprendizagem. No Brasil, quase 70 mil jovens estão sendo capacitados.
“O ensinamento teórico pedagógico é feito pela Fundação Roberto Marinho e a operacionalidade nas empresas é feita por nosso intermédio. Então, esse acordo de cooperação é que vai viabilizar que se melhore um pouco a formação da juventude”, afirmou Luiz Gonzaga Bertelli, presidente do Conselho de Administração do CIEE.
O programa começa em Minas com 500 aprendizes. E todos já estão trabalhando. É assim que eles alimentam o sonho de, um dia, tornarem-se profissionais.
De acordo com o superintendente executivo da Fundação Roberto Marinho, Nelson Savioli, a Lei de Aprendizagem é uma causa, porque une a educação e o trabalho. “É muito interessante porque você mantem o jovem na escola, dá um salário para ele e uma carteira profissional assinada. Eu acho que é tudo que uma mãe e um pai gostariam de ter em relação ao jovem”, contou.

Fonte: G1

Voltar